Quality and Patient Safety (projecto)

As questões relacionadas com a Qualidade em Saúde e a Segurança do Doente têm constituído, de há uns anos a esta parte, uma crescente preocupação para as organizações de saúde, para os decisores políticos, para os profissionais de saúde e para os doentes/utentes e suas famílias. A aposta na formação e na investigação sobre estas temáticas, reveste-se de um carácter crucial para a inovação em saúde.

A segurança do doente, enquanto componente chave da qualidade dos cuidados de saúde, assumiu grande relevância, tanto para os doentes e seus familiares que desejam sentir-se confiantes e seguros, como para os profissionais de saúde cuja "missão" principal consiste na prestação de cuidados com elevado nível de efectividade, eficiência e baseados na melhor evidência disponível.

Talvez por isso, este seja um dos temas incontornáveis que nos últimos anos e de forma crescente, tem dominado a agenda das políticas de saúde em muitos países europeus, nos Estados Unidos da América, na Austrália e um pouco por todo o mundo, sendo igualmente assunto central na estratégia de várias organizações internacionais.